Acesso do Cliente
Username
Password
fechar

Enviar a um amigo

Rais 2016 tem novas regras

O Ministério do Trabalho e da Previdência Social definou as instruções para a declaração da Relação Anual de Informações Sociais – Rais ano-base 2015
Publicado em 11/01/2016 às 10:59
Print Send

O Ministério do Trabalho e da Previdência Social definou as instruções para a declaração da Relação Anual de Informações Sociais – Rais ano-base 2015. O prazo para a entrega da declaração da RAIS inicia-se no dia 19 de janeiro de 2016 e encerra-se no dia 18 de março de 2016. O Ministério publicou as instruções no Diário Oficial da União.

Este ano, estão obrigados a declarar a RAIS: os empregadores urbanos e rurais, filiais, agências, sucursais, representações ou quaisquer outras formas de entidades vinculadas à pessoa jurídica domiciliada no exterior; autônomos ou profissionais liberais que tenham mantido empregados no ano-base; órgãos e entidades da administração direta, autárquica e fundacional dos governos federal, estadual, do Distrito Federal e municipal; conselhos profissionais, criados por lei, com atribuições de fiscalização do exercício profissional, e as entidades paraestatais; condomínios e sociedades civis; e cartórios extrajudiciais e consórcios de empresas.

Atenção: mesmo quem não manteve empregados ou que permaneceu inativo no ano-base precisará entregar a Rais - Rais Negativa, exceto os Microempreendedores Individuais.

As informações exigidas para o preenchimento da obrigação acessória encontram-se no Manual de Orientação da RAIS, edição 2015, disponível na Internet nos endereços http://portal.mte.gov.br/index.php/rais e http://www .rais. gov.br.

As declarações deverão ser fornecidas pela internet – através da utilização do programa gerador de arquivos da RAIS - GDRAIS2015, que poderá ser obtido nos referidos endereços eletrônicos. O mesmo vale para a versão Negativa da obrigação.

Vale lembrar que a entrega da RAIS é isenta de tarifa e é obrigatória a utilização de certificado digital válido padrão ICP Brasil para a transmissão da declaração da RAIS por todos os estabelecimentos que possuem a partir de 11 vínculos, exceto para a transmissão da RAIS Negativa e para os estabelecimentos que possuem menos de 11 vínculos.

As declarações poderão ser transmitidas com o certificado digital de pessoa jurídica, emitido em nome do estabelecimento, ou com certificado digital do responsável pela entrega da declaração, sendo que este pode ser um CPF ou um CNPJ.

O Recibo de Entrega deverá ser impresso cinco dias úteis após a entrega da declaração, que deverá ficar arquivado durante cinco anos, à disposição do trabalhador e da Fiscalização do Trabalho, assim como o relatório impresso ou a cópia dos arquivos.

Fonte: Revista Dedução

veja também outras notícias...

Trabalho isenta do Imposto de Renda adicional de férias, 13º e abono pecuniário

31/08/2015 09:06

Participação nos lucros das empresas também foi isentada. Isenção inclui as contribuições sociais. P... [+]

Governo vai propor alta de tributos em 2016

31/08/2015 08:55

A proposta orçamentária para 2016 prevê um forte aumento de impostos, propostas de redução de algumas ... [+]

Para fugir de impostos, empresas brasileiras preferem ficar pequenas

31/08/2015 08:50

Projeto de lei que amplia o teto de faturamento do sistema Simples entra em votação esta semana na Câmar... [+]

Votação do projeto que amplia o Supersimples é prioridade da Câmara

31/08/2015 08:44

As votações do Supersimples e da PEC 172 estão previstas para terça-feira (1º), em sessões ordinária... [+]

Teto do INSS vai a R$ 5,1 mil

30/11/2015 16:49

Aposentados que ganham acima do salário mínimo terão reajuste de 10,37% no ano que vem; mínimo vai a R$... [+]

© 2017 VISÃO CONTABILIDADE
+ 55 (64) 3461-3449